MAMMOET INTEGRA NOVA PLATAFORMA

11 de julho de 2016

mammoet1A Mammoet está montando um dos seus guindastes treliçados extrapesados PTC 200-DS, com capacidade de 5 mil t, que estava em operação nos Estados Unidos, para o projeto do módulo de integração no Brasil. Ele será usado para erguer módulos para a plataforma flutuante de produção, armazenamento e transferência P-76 FPSO. O PTC 200-DS foi escolhido porque tem alta capacidade, longo alcance, necessita de pouco espaço de sustentação, além de ser rápido e de grande manobrabilidade. A Mammoet foi contratada pelo Consórcio CTTP76 em Pontal do Paraná. Ela irá pesar, transportar e erguer 20 módulos no total – o mais pesado, com aproximadamente 2 mil t. Todos eles estão na unidade Offshore Techint, na cidade de Pontal do Paraná (PR), aguardando a chegada do casco, que virá do estaleiro Enseada Inhauma no Rio de Janeiro. A integração dos módulos, uma das fases mais críticas na construção de um FPSO, está prevista para ser concluída ainda em 2016. A Mammoet já tem uma experiência de 15 anos na execução de projetos complexos como este no Brasil. A empresa, por exemplo, já realizou a integração dos módulos das plataformas flutuantes P58 e P63.

Tags: , , ,


Deixe um comentário


Veja também