XCMG MOSTRA FORÇA DE SUA FÁBRICA BRASILEIRA

10 de agosto de 2016

INDÚSTRIA

Por Redação Crane Brasil

XCMG-Primax

Antônio Luis Leite, com seu novo QY90BR, personalizado na fábrica

Neste ano, uma das estratégias da XCMG é criar vínculos de fidelização com seus clientes. E um dos grandes trunfos da fabricante chinesa tem sido os encontros e eventos exclusivos em sua moderna fábrica em Pouso Alegre (MG), já pronta e equipada, com usuários de equipamentos nos segmentos da área agrícola, construção e mineração, do Brasil e demais países da América Latina.

No segmento de elevação de cargas, as ações nesse sentido tiveram início ainda no dia 31 de março, durante o lançamento oficial do guindaste a XCMG QY90BR, que complementa uma linha já bastante ampla, que inclui os modelos QY30BR, QY75BR QY100, QAY220 e RT70E. O encontro, que a XCMG chamou de Crane’s Time, não se limitou à simples apresentação dos equipamentos. A fabricante chinesa aproveitou a oportunidade para ouvir os usuários a respeito de sugestões de melhorias e aprofundar conhecimentos sobre as condições operacionais no Brasil. Também anunciou, no próprio evento, seu compromisso a longo prazo nesse sentido, com a criação do CEEL (Club de Equipamentos de Elevação Latino-Americano), afim de estabelecer um canal de discussões permanente entre a fabricante e os usuários de seus equipamentos.

É uma nova postura da marca que, durante muitos anos, foi representada exclusivamente por distribuidores, nem sempre oferecendo equipamentos adequados à realidade brasileira. Com a fábrica, vem ocorrendo uma progressiva nacionalização (leia na seção “Telescópio” desta edição o acordo que acaba de ser firmado com a MWM Motores), inclusive de guindastes. A série QY já leva em conta customizações de produtos para as condições brasileira (linha BR).

xcmgOs modelos QY30BR/QY90BR (BR950), por exemplo, foram desenvolvidos sobre a base dos modelos BR300 e BR750, respectivamente, sob um novo design, apresentando lança mais longa e melhor desempenho de elevação. O QY30BR é um truck crane com chassi exclusivo da XCMG, com plataforma ao redor da máquina e extensão de lança de 41 m. Já o QY75BR/BR750, com quatro eixos direcionáveis e independentes, possui um sistema de lança em U (45 m) e duas lanças auxiliares, totalizando 16 m. Outra opção é o QY 100 (100 t de capacidade), com lança de 51 m (ou 69,1 m, com jib).

Um passo além nessa customização é a personalização dos equipamentos, de acordo com a cor da frota do cliente, na linha de pintura de Pouso Alegre. É o primeiro passo de um projeto que incluirá também rebuild e atualização de equipamentos. Os dois primeiros equipamentos a sair dessa linha foram para a empresa Primax Transportes Pesados e Remoções Técnicas, cliente da XCMG desde 2007 e agora com 10 equipamentos da marca. São duas unidades, nas cores verde e branco da Primax, do novo modelo QY90BR, uma máquina com capacidade intermediária (90 t) entre seus concorrentes no mercado, com contrapesos variáveis, sistema caranguejo, 47 m de lança e 17 m de jib.

xcmg-grupo

 

 

Tags: , , ,


Deixe um comentário


Veja também