HOTEL GUINDASTE HOLANDÊS

8 de agosto de 2017

Por: Tébis Oliveira

Às margens do rio IJ, de frente ao centro da cidade, a lança de um antigo guindaste retirado do navio NSDM, abandonado há cinco anos atrás, gira ao vento do porto de Amsterdã, capital da Holanda. Sob ela, a torre abriga três suítes, com dois andares cada uma.

Na Free Spirit, com 36 m2 de área, o hóspede estará em um ambiente Art Noveau, nas cores branca e em tons suaves de verde e amarelo. No segundo andar, um pavão empalhado vigia a cama king size. Na suíte The Secret, com 42 m2, a antiga cabine do operador virou um salão romântico, em cores roxas e azuis, com almofadas de cetim. Predominam objetos de arte contemporânea, assim como na suíte do andar superior, a Mystique, com 36 m2, teto dourado e cores preta e vermelho sangue.

Todos os espaços são decorados com couros exclusivos e tecidos de cetim Chivasso, duas Tvs de tela plana, painéis deslizantes e banheiro montados com partes de um antigo cruzeiro oceânico afundado. As camas são Coco-mat, consideradas as melhores do mundo, fabricadas em recursos renováveis como fibra de coco, algas e madeira, com colchões recobertos em seda ou linho e forrados com crina de cavalos ou penas de ganso.

Dois elevadores panorâmicos levam diretamente a uma piscina aquecida no deck superior, com 50 m2. No primeiro andar, um salão para eventos corporativos e culturais já recebeu exposições da Louis Vuitton, Heineken, Villeroy & Boch, Grohe, Samsung e Red Bull, entre outras marcas.

Reservas nesse “hotel para espíritos livres e apaixonados”, como o definem os proprietários do Crane Hotel Faralda, estão disponíveis por 615 a 695 euros. As diárias mais caras entre todos os Paises Baixos e, sem dúvida, as maiores do mundo para…dormir em um guindaste.

 

Tags: ,


Deixe um comentário


Veja também